• Bruno Nunes

SURGE UMA GRANDE RIVALIDADE NA FÓRMULA 1

Foi bonito de se ver. A disputa entre Charles Leclerc e Max Verstappen no GP da Inglaterra, realizado na manhã de ontem (14), confirmou o surgimento de uma nova rivalidade dentro do grid da Fórmula 1.

Foto: Reprodução

Em uma das melhores corridas do ano, Verstappen e Leclerc protagonizaram um espetáculo à parte. Teve tudo que um bom ‘pega’ necessita, os dois pilotos lutaram intensamente durante boa parte da corrida, com disputas roda com roda, fechadas e espalhadas que inflamaram uma rivalidade que se intensificou na atual temporada e que há tempos era aguardada pelos fãs da categoria



O que se viu em Silverstone foi um primeiro grande ato protagonizado pelos dois principais nomes da nova geração, uma espécie de versão moderna das grandes disputas entre Senna e Prost ou Arnoux e Gilles Villeneuve. Era o que a Fórmula 1 precisava, um novo atrativo, principalmente devido ao domínio absoluto da Mercedes nos últimos anos que deixou o campeonato previsível.


A agressividade de Leclerc e Verstappen em Silverstone tem como origem o duelo no GP da Austrália 15 dias antes, na ocasião, o ferrarista liderava a prova rumo à sua primeira vitória na carreira, quando se viu pressionado por Verstappen que conseguiu a ultrapassagem com uma manobra que acabou jogando Leclerc para fora da pista. Houve muita reclamação por parte da Ferrari que pedia uma punição para o holandês. Após o término da prova, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) classificou a manobra como normal, mantendo o resultado da corrida que terminou com a vitória de Verstappen.



A decisão tomada pela FIA serviu como respaldo para Leclerc não economizar na sua agressividade, uma vez que a manobra do seu rival dias antes não havia sido punida. A livre disputa entre os pilotos dentro das pistas é uma antiga exigência do público que acompanha a categoria. A não punição à Verstappen contribuiu diretamente para que o espetáculo que levantou Silverstone fosse possível.


Fato é que essa nova rivalidade se transformou em um novo atrativo para um campeonato que se encaminha mais uma vez para as mãos de Hamilton. O próximo encontro entre Leclerc e Verstappen será no próximo dia 28 na Alemanha, até lá, só o que nos resta é torcer para que esses dois talentos continuem esbanjando coragem e arrojo, como sempre se viu na Fórmula 1 de outrora.

© 2018 WEB RÁDIO DE PRIMA. DESENVOLVIDO POR MVPMOVE

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone SoundCloud