• Bruno Nunes

SURPRESA NO GP DA AUSTRÁLIA


Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A primeira etapa da temporada 2019 da Fórmula 1 teve um vencedor inesperado, pela quarta vez em sua carreira, Valtteri Bottas subiu no lugar mais alto do pódio, desbancando seu companheiro de equipe e favorito para a corrida Lewis Haminton, que chegou na segunda colocação após ter largado na pole, em terceiro ficou Max Verstappen da Red Bull.


O GP da Austrália começou com o finlandês ultrapassando Hamilton logo na largada, assumindo a primeira colocação, resultado que se manteve até o final da prova, Bottas também garantiu o ponto extra, introduzido na temporada 2019, ao fazer a volta mais rápida da prova com 1:25.580s. A dobradinha da Mercedes logo na primeira etapa do ano foi um balde de água fria para quem esperava uma Fórmula 1 com mais igualdade de disputa entre as equipes, diferentemente do que tem acontecido nos últimos anos com a Mercedes dominante.


Os carros da Ferrari surpreenderam negativamente com a quarta e quinta colocação de Vettel e Leclerc respectivamente, a equipe Italiana conseguiu ótimos resultados na pré-temporada em Barcelona e esperava-se um desempenho melhor em Melbourne. Além do baixo desempenho, a escuderia italiana foi destaque também pela ordem emitida a Leclerc para que se mantivesse na quinta colocação, mesmo andando mais rápido que Vettel que vinha logo à frente.


Uma coisa que ficou evidenciada após o término da prova foi a dificuldade que a williams terá para acertar o carro para esta temporada, a equipe amargou as últimas colocações com Russel e Kubica na décima sexta e décima sétima colocação respectivamente, para a tristeza do Polonês que fez sua reestreia na categoria. Grosjean da Hass, Sainz da McLaren e Ricciardo da Renault não completaram a prova.



Foto: William West/ AFP
Foto: William West/ AFP

Resultado Final – GP da Austrália:


1) # 77 Valtteri Bottas (Mercedes)

2) # 44 Lewis Hamilton (Mercedes)

3) # 33 Max Verstappen (Red Bull)

4) # 5 Sebastian Vettel (Ferrari)

5) # 16 Charles Leclerc (Ferrari)

6) # 20 Kevin Magnussen (Haas)

7) # 27 Nico Hülkenberg (Renault)

8) # 7 Kimi Räikkönen (Alfa Romeo)

9) # 18 Lance Stroll (Racing Point)

10) # 26 Daniil Kvyat (Toro Rosso)

11) # 10 Pierre Gasly (Red Bull)

12) # 4 Lando Norris (McLaren)

13) # 11 Sergio Pérez (Racing Point)

14) # 23 Alexander Albon (Toro Rosso)

15) # 99 A.Giovinazzi (Alfa Romeo)

16) # 63 George Russell (Williams)

17) # 88 Robert Kubica (Williams)

18) # 8 Romain Grosjean (Haas)

19) # 3 Daniel Ricciardo (Renault)

20) # 55 Carlos Sainz (McLaren)