TERROR DOS PAULISTAS: FLA JÁ "DEMITIU" TÉCNICOS DE VERDÃO E TIMÃO


Foto: Alexandre Vidal - Marcelo Cortes & Paula Reis

Na tarde desse domingo, dia 3, o Flamengo goleou o Corinthians por 4 x 1, mesmo placar de Santos e Botafogo, a favor do Peixe. Com a do São Paulo por 3 x 0 contra a Chapecoense foram ao todo três jogos com placar elástico na rodada.


Mais curioso que esse dado, é a estatística pessoal do Flamengo, que além de praticar o melhor futebol do Brasil e ser o líder disparado com 30 jogos de Brasileirão Série A 2019, e claro, ser finalista da Libertadores diante do River Plate-ARG, ainda consegue ser o "terror" de muitos times, sobretudo os paulistas. Palmeiras, Santos e São Paulo seguem de longe o rubro-negro, destes, o Verdão ainda tem esperança, mas a diferença de oito pontos é enorme faltando nove rodadas, isso é um fato.


O alviverde por sinal, em meados do primeiro turno estava em crise. Felipão não resistiu e foi demitido um dia após uma sonora derrota para justamente o time de Jorge Jesus, 3 x 0 fora o show de Gabigol e Cia. Tal resultado somada à eliminação do na Libertadores para o Grêmio foi suficiente para mais um treinador cair na competição nacional.


Meses depois, agora no final do torneio, a história se repetiu, desta vez do lado alvinegro da capital paulista. O Corinthians vinha de uma eliminação vexatória diante do Independiente Del Valle pela Libertadores, que agregada à sequência de maus resultados no Brasileirão foi levando os corintianos a uma queda livre pela tabela aos poucos. Hoje o clube é o 8º colocado, isto graças a goleada sofrida diante do mesmo Flamengo de Arrascaeta, Gabigol (este não jogou, suspenso) e Bruno Henrique - o nome do jogo com um hat-trick. O outro gol foi marcado por Vitinho, que substituiu Gabigol, que encerraram o massacre por 4 x 1 no Maracanã.


Após o clássico nacional da duas maiores torcidas do Brasil, o técnico Fábio Carille nem apareceu na entrevista coletiva, quem deu as caras foi Andrés Sanchez, com óbvia sensação de que tinha acontecido algo. Após menos de uma temporada disputada desde seu retorno ao Timão, com uma conquista de Campeonato Paulista, duas eliminações e um péssimo desempenho durante todo o Brasileirão, Carille está fora do comando técnico. Coincidência ou não, logo após o jogo diante do imparável Flamengo, algo que não aconteceu dias antes quando a equipe perdeu para o CSA em Alagoas, que está lutando para não cair.


Realmente o Flamengo está fazendo história em 2019, e os dois clubes paulistas que promovem o famoso "dérby" já estão fazendo parte dela.