• Victor Luís

TITE FEZ SUAS APOSTAS, E SERÁ COBRADO


Foto: UOL Esportes

Na manhã desta sexta-feira (17), o técnico Tite divulgou a lista de convocados para Copa América de 2019, que será disputada no Brasil.


A base foi mantida pelo treinador da seleção brasileira. Fabinho foi a ausência inexplicável, o atleta que defende as cores do Liverpool (Inglaterra) atua como volante, lateral-direito e zagueiro, sabe fazer bem essas funções, além de estar na final da Liga dos Campeões.


Outro nome que não me agrada na lista, é o de Everton Cebolinha. O jogador do Grêmio está vivendo uma excelente fase, é o melhor ponta (extremo) no futebol brasileiro. Mas, Lucas Moura fez uma temporada boa pelo Tottenham, e cresceu na fase final da maior competição do mundo. Se muitos dizem que seleção é momento, Lucas mereceria ser convocado.


Sempre haverá nomes contestados na lista da seleção brasileira, o Brasil é privilegiado com excelentes jogadores, o erro que Tite não pode cometer é manter Neymar como capitão. Há jogadores que não possuem liderança para usar a braçadeira de líder do time, é o caso de Neymar, que ainda conta com um alto grau de imaturidade.


Os jogadores começam a se apresentar no dia 22, próxima quarta-feira, na Granja Comary, em Teresópolis. Antes de estrear na Copa América, a seleção brasileira fará dois amistosos: contra o Catar no dia 5, em Brasília; e contra Honduras no dia 9, no Beira-Rio.


O Brasil está no Grupo A da Copa América ao lado de Bolívia, Peru e Venezuela. A estreia será contra os bolivianos no dia 14 de junho, às 21h30 (de Brasília), no Morumbi.


Veja a lista completa:

· Goleiros: Alisson (Liverpool), Cássio (Corinthians) e Ederson (Manchester City)

· Defensores: Alex Sandro (Juventus); Marquinhos, Thiago Silva e Dani Alves (PSG); Éder Militão (Porto), Fagner (Corinthians), Filipe Luís (Atlético de Madrid) e Miranda (Inter de Milão)

· Meio-campistas: Allan (Napoli); Philippe Coutinho e Arthur (Barcelona); Casemiro (Real Madrid), Fernandinho (Manchester City) e Lucas Paquetá (Milan)

· Atacantes: David Neres (Ajax), Everton (Grêmio), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (PSG) e Richarlison (Everton)