• Vinicius Rodrigues

UM DOMINGO PARA ESQUECER DOS PAULISTAS


Foto: Eduardo Carmim


Sem entrar em campo, Palmeiras foi o melhor paulista neste final de semana. Isso se dá pelas partidas de Santos, São Paulo e Corinthians. Se pra muitos o futebol é uma diversão, podemos dizer que foi um final de semana com tarde do horror, na Vila Belmiro, São Januário e Ressacada.


O Santos que iniciou a rodada ainda como líder vinha de duas derrotas e pegou o Fortaleza que recentemente trocou seu treinador, o Peixe que se impõe dentro de casa não foi diferente nos 45 minutos iniciais, em 9 minutos de jogo a equipe já vencia por 2 a 0, e, ainda coube a Sacha fazer o terceiro do alvinegro praiano antes do intervalo.


Mas o técnico Zé Ricardo trocou Romarinho por Felipe Pires ex-Palmeiras, e acertou. A equipe era outra na segunda etapa, as coisas começaram dar errado quando o gol de Soteldo que seria o quarto foi bem anulado.


Ontem na Vila Belmiro deu tempo do torcedor santista reviver mais um jogo com erros Felipe Aguilar, assim como no clássico contra o São Paulo, o zagueiro cometeu pênalti e Wellington Paulista descontou, pouco tempo depois o atacante voltou a balançar as redes e diminuir a vantagem.


Talvez se Sacha e Jean Mota tivessem feito os gols que desperdiçaram o resultado seria outro, mas a bola pune, e puniu a equipe que busca o gol o tempo todo. Nos acréscimos da partida Tinga igualou o marcador, resultado merecido para o corajoso Zé Ricardo que terminou a partida com 4 atacantes.


Em São Januário o Tricolor chegou de 5 vitórias consecutivas, vale a ressalva que as duas ultimas diante de Ceará e Athletico-Pr mais por ineficiência dos adversários do que de um bom futebol apresentado pelo São Paulo.


Luxemburgo foi muito bem ao escalar 4 volantes, mas com jogadores que tem características de meias, Thales Magno de apenas 17 anos infernizou a zaga são-Paulina, junto com Marrone eram os jogadores mais perigosos e obrigava Thiago Volpi a trabalhar.


O terror começou mesmo quando Daronco expulsou Raniel após ser imprudente e atingir Richard do Vasco, na minha opinião cabia o amarelo. O Tricolor que não se achava com 11, seria complicado em desvantagem numérica.


Coube a Thales abrir o marcador na Colina para os 20 mil torcedores irem à loucura, depois o cruzmaltino soube administrar a vantagem e ainda deu tempo de Felipe Bastos fechar o placar.


Já que o assunto é terror, horror, vamos falar do jogo em Santa Catarina, o Corinthians mais uma vez muito abaixo, ontem na Ressacada posso dizer friamente que vi o pior jogo do campeonato. Foi complicado assistir 90 minutos de futebol.


Timão que viu o Avai sair na frente, em caso de vitória seria a primeira dos Catarinenses que ainda não venceu no nacional e por isso é lanterna da competição. Corinthians que buscou p resultado pelo oportunismo de Vagner Love que contou com a falha do zagueiro Marquinhos para deixar tudo igual no placar.


Já o Palmeiras nem precisou entrar em campo para se dar bem, o Verdão que descansou no Brasileirão neste final de semana, viu dos 7 primeiros colocados apenas 1 vencer, que foi o Flamengo, atual líder do campeonato. Por falar no Rubro-negro as equipes se enfrentam no final de semana e o jogo ganha clima de decisão.


Palmeiras que depende de si próprio para retomar a liderança, Verdão que precisa se reencontrar no nacional para voltar ter vida tranquila na competição que tanto sabe disputar. Fato é, que o Alviverde está muito firme na briga pelo Hendeca.

© 2018 WEB RÁDIO DE PRIMA. DESENVOLVIDO POR MVPMOVE

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone SoundCloud