• Vinicius Rodrigues

UM EMPATE PARA SE LAMEN...VAR




Em jogo movimentado, com quatro gols, duas expulsões e muita polêmica com o VAR. Palmeiras e Bahia ficam no empate por 2 a 2 no Allianz Parque pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, resultado ruim para o Verdão que podia diminuir a distância para o líder Santos.


Felipão decidiu mudar sua equipe e surpreendeu ao escalar Luiz Adriano como titular após 4 treinamentos do atacante apenas com o grupo, outra opção do treinador foi a entrada de Vítor Hugo no lugar de Gustavo Gomes suspenso.


A partida começou da forma que todos esperavam o Palmeiras buscando mais o gol e o Bahia retraído buscando encaixar algum contra-ataque, o Verdão diferente das outras partidas que tinha dificuldades para criar oportunidades diante de equipes fechadas, conseguia levar perigo ao gol defendido por Douglas.


O Alviverde pressionou e deu resultado, logo aos 15 minutos Dudu se aproveitou de falha da zaga Baiana e empurrou a bola para o fundo do gol, o Palmeiras era dono do jogo, tinha transições rápidas, incomodava o goleiro Douglas, imprimiu o ritmo do jogo.


Mesmo com o time mais postado o Bahia teve a chance com Gilberto de igualar o marcador, após boa arrancada de Elber que deixou o atacante em boas condições para o arremate, Gilberto passou pelo Weverton, mas Luan em baixo da trave conseguiu fazer o corte, evitando o gol do tricolor de aço.


O Palmeiras com Scarpa e Luiz Adriano criou boas oportunidades para ampliar o placar, mas viu o goleiro adversário intervir as boas ações Alviverde. O jogo que tinha total domínio verde, destoou após um lance bobo no meio campo quando Felipe Melo levantou demais o braço e acabou sendo expulso.


Com 1 jogador a menos, Felipão colocou Thiago Santos para fechar o meio-campo, mas logo aos 3 minutos após o uso do VAR pela primeira vez na partida, o árbitro assinalou pênalti, coube a Gilberto converter a cobrança e empatar o jogo.


Para quem esperava o Palmeiras mais fechado por estar com um jogador a menos, se enganou, o Verdão foi pra cima e jogava melhor, foi recompensado após nova falha da zaga baiana, Marcos Rocha cobrou o lateral na área e Dudu livre precisou finalizar duas vezes para voltar colocar o Palmeiras na frente.


Com o placar ao seu favor o Palmeiras se impôs dentro de campo com duas linhas de 4 homens e apenas 1 jogador avançado buscando o contra-ataque para liquidar o jogo. Luiz Adriano teve uma boa chance mas chegou atrasado no lance.


O jogo estava tranquilo quando em um bom avanço de Moisés pela esquerda ele cruzou a bola rasante e após contato dentro da área entre Luan e Artur Kaique o árbitro foi chamado para conferir a jogada e após o uso da tecnologia assinalou mais um pênalti para o Bahia. Para o lado palmeirense uma infração inexistente, até porque o único contato que teve foi do atacante baiano chutando o zagueiro Luan.


Após o gol sofrido o Verdão ainda tentou buscar a vantagem mas não conseguiu, com o empate na tarde de ontem o Palmeiras soma 29 pontos, fica três pontos atrás do Santos e está 5 jogos sem vencer no Brasileirão. O Alviverde vai até o Sul no próximo final de semana para enfrentar o Grêmio, os gaúchos farão frente com o Palmeiras três vezes seguidas, as equipes também duelam pela Libertadores da América.