• Guilherme Silva

Um herói improvável

Atualizado: 28 de Jun de 2018



Foto: Divulgação/Fifa

O sonho do terceiro título mundial ainda continua vivo para a seleção argentina, agora Messi e companhia vão encarar a seleção francesa.


Por pouco a Argentina não cai na primeira fase da Copa do Mundo. A seleção comandada por Lionel Messi, se salvou nos minutos finais contra a seleção Nigeriana, e não foi dos pés do jogador cinco vezes melhor do mundo que saiu a vitória e sim de um alguém não muito talentoso.


A partida que parecia dominada no primeiro tempo, com um belo gol de Messi, aos 19 minutos, mudou totalmente de rumo no segundo tempo. A Nigéria, precisando de um empate para se classificar, foi para cima, deixando os argentinos assustados, não só em campo, mas também nas arquibancadas. E logo no começo, um dos líderes do elenco, Mascherano, fez um pênalti infantil, dando a oportunidade dos africanos empatarem a partida, e Moses não desperdiçou, praticamente derrubando os bi campeões.


No que parecia ser o fim de uma geração cheia de jogadores talentosos, até mesmo do melhor jogador da história do país, surgiu um herói, Rojo foi quem tirou os argentinos do fundo do poço e puxou o país de volta, aproveitando o cruzamento de Mercado, o zagueiro conseguiu acertar um belo chute de perna direita. Lembrando que o atleta, tinha sido cortado da partida contra a Croácia, onde sua seleção saiu derrotada por 3 a 0.


© 2018 WEB RÁDIO DE PRIMA. DESENVOLVIDO POR MVPMOVE

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • Branca Ícone SoundCloud